Yoobot Blog

Artigos e publicações exclusivas!


Automação jurídica: veja como aumentar a produtividade do seu escritório com RPA

Por: Caio Santos Em: 13 de outubro de 2021

Diariamente escritórios jurídicos precisam monitorar e pesquisar processos jurídicos, a automação jurídica chega para simplificar todo os processos envolvidos nas pesquisas de processo. Essas pesquisas burocráticas e acessos aos sistemas, pesquisas demandam boa parte da jornada de trabalho dos advogados. Por serem práticas rotineiras e necessárias, existem escritórios que precisam contratar pessoas apenas para fazer essas atividades.

O monitoramento dos casos é essencial para manter o negócio. Às vezes, a pesquisa e monitoração são exigidas pelo próprio cliente que deseja ter o retorno sobre seu processo. Pelo alto volume de processos, a atividade se torna maçante e repetitiva para o colaborador. Porque ele precisa acessar o sistema, às vezes, mais de três vezes por dia, além de fazer outras atividades do escritório.

Toda essa burocracia demanda horas que poderiam ser revertidas em atividades estratégicas. No censo jurídico de 2021, os entrevistados apontaram a burocracia e o sistema jurídico como os maiores vilões do mercado jurídico em 2020. 

O censo também apontou quais temas eram considerados tendência no mercado. Empatados em terceiro lugar, a automação de processos e a Inteligência Artificial aparecem como setores a serem observados no ramo jurídico. Nesse sentido, o RPA pode solucionar e trazer produtividade para essa etapa do jurídico.

Como a automação de processos jurídicos pode te ajudar

O RPA, robotic process automation, visa automatizar processos de forma robótica para ajudar o colaborador. O robô consegue simular o trabalho humano em atividades repetitivas e maçantes. Dessa forma, o RPA libera o colaborador para atividades que possuam maior grau de complexidade.

No setor jurídico, o RPA consegue ajudar em diversas tarefas que estão presentes no cotidiano do advogado. Ao invés do colaborador acessar o sistema e fazer todo o trâmite necessário, o robô acessa os sistemas dos tribunais, capta os dados e insere no sistema do escritório para consulta. Toda a integração é feita de forma automatizada, segura e assertiva.

O RPA consegue monitorar e detectar diversos andamentos do processo. Ela pode criar alertas para eventos que se desenvolvem durante o processo, como liminares, despacho, sentenças e mudanças de prazos. A solução também permite antever algumas ações dentro dos processos.

O censo jurídico aponta que 11% dos escritórios fazem monitoramento manualmente e 43% não utilizam softwares jurídicos. O nível de automação de monitoramento e integração com sistemas não passam de 12% em escritórios.

Esses dados ilustram como o mercado jurídico ainda tem muito a evoluir em questões de automação. A automação entrega uma funcionalidade maior a todo escritório se tornando uma vantagem competitiva entre os escritórios.

Controlar prazos é a segunda tarefa mais importante para os advogados, segundo o censo de 2021. Para isso, a atividade do RPA é feita 24 horas por dia, sete dias por semana, evitando qualquer pausa no monitoramento. Assim, ajudando que o advogado não perca o prazo ou novidades nos processos acompanhados.

A facilidade de acessar os dados reflete em um melhor atendimento aos clientes, pois os feedbacks dos processos são dados mais rapidamente. Além disso, os processos antigos podem ser revisados ou pesquisados mais facilmente. A integração permite pesquisas por palavras-chaves ou nomes dos clientes.

Com toda a operação digitalizada, a utilização de papel no escritório diminui radicalmente. Porque não haverá necessidade de impressão dos processos e organização da papelada.

A produtividade dos colaboradores é um cenário que muda completamente com o RPA. A automação resulta em um time focado em resolver problemas e elaborar estratégias para os processos. Em estudo da Blue Prism, 88% das empresas entrevistadas acreditam que o RPA é a solução para a produtividade global.

Como implementar a automação jurídica no seu escritório

Primeiramente, a empresa precisa ter consciência sobre o RPA e o que ele proporciona. Dessa forma, ela pode alinhar o que esperar e desenvolver o ROI da automação.

A estruturação do seu sistema e operação é vital para o bom desempenho do RPA. Sua empresa precisa ter todas as etapas da operação estruturadas, assim a automação consegue entender a sua operação.

E assim definir as tarefas que vão ser comandadas pelo RPA. Todas as atividades repetitivas e maçantes do seu escritório podem ser automatizadas.

Yoobot é desenvolvedora premiada de RPA

A Yoobot é desenvolvedora de RPA premiada pela Blue Prism. Nossa empresa tem soluções para diversos setores do mercado, incluindo o jurídico. Somos parceiros oficiais da Arquivei e SAP em nossas soluções de notas fiscais. Também somos parceiro Cisco, onde desenvolvemos integrações com Cisco Webex para teleatendimento de forma segura e intuitiva.

Para saber mais sobre a automação jurídica entre em contato com nosso time de atendimento. Eles estarão prontos para entregar a melhor solução para sua empresa.


Pesquisar por Nome:

Tags

#automação jurídica

Publicações relacionadas

Vantagens da automação para a logística 4.0

Vantagens da automação para a logística 4.0:

24 de novembro de 2020 LEIA MAIS
Automação contábil: por que investir e por onde começar?

Automação contábil: por que investir e por onde começar?:

24 de novembro de 2020 LEIA MAIS
Automação de call centers: como funciona e benefícios

Automação de call centers: como funciona e benefícios:

3 de dezembro de 2020 LEIA MAIS

Preparado para dar um salto tecnológico com sua empresa?

A Yoobot pode ajudar sua empresa a obter sucesso com soluções de ponta para equipes mais produtivas e ágeis.

SAIBA MAIS